Chalice  

Chalice

Chalice

Peça única - "WYSIWYG"!

What You See Is What You Get

Os corais Cálice/"Chalice" são uma ampla variedade de corais de diferentes que são misturados sob o termo "Cálice". Vários gêneros diferentes de corais são incluídos, desde Echinopora, Oxypora, Mycedium e até mesmo Lithophyllon. Como tal, os cuidados serão generalizados mais do que se vê em outros corais porque esses são corais muito diferentes que ficam todos agrupados.
Embora a classificação exata possa ser um tópico obscuro, o impacto dos Chalice Corals no reefing como hobby é notável. Os cálice são um dos corais de pedra de pólipo grande (LPS) mais desejáveis ​. As suas cores e padrões costumam ser intensamente fluorescentes e podem exibir padrões impressionantes.

Localização

Em termos de distribuição na natureza, os corais cálice são encontrados em todo o oceano Pacífico. Dada sua ampla distribuição, seria levado a supor que estão prontamente disponíveis no hobby, mas ultimamente não tem sido esse o caso. No momento deste registro, havia atualmente uma proibição de importação / exportação na Indonésia e em Fiji, de onde vêm muitos desses corais, então a maioria dos espécimes disponíveis no comércio atualmente são provenientes da Austrália.

Iluminção

Níveis moderados de iluminação em torno de 100 PAR. A maioria dos cálice são adaptáveis ​​a diferentes intensidades de iluminação, mas a primeira prioridade deve ser sempre "não destruir os corais com luz demasiado intensa". Não leva muito tempo para expor os corais a demasiada luz, que pode levar ao branqueamento e um rápido declínio da saúde. É muito melhor fornecer intensidade de iluminação abaixo do padrão e corrigir lentamente a situação, ajustando a luz ou a posição do coral cálice, EM vez de acidentalmente esbranquecer o coral com muita luz e então tentar ajudá-lo a se recuperar depois.

Os corais de cálice são bastante consistentes com sua coloração. Claro que sempre há algum grau de variabilidade e o coral ocasional que PODE mudar de cor de maneiras perceptíveis, mas no geral não há muito a ganhar mexendo com a iluminação dos corais Chalice. Luz moderada e consistente, depois disso é apenas deixar o coral adaptar-se às condições de iluminação por conta própria.

Muitas espécies de corais cálice são altamente fluorescentes sob luzes LED azuis actínicas e são verdadeiras barreiras. Mesmo com uma lâmpada tubular t5 pode perder alguma cor, os cálice sob iluminação LED actínica apresentam cores incríveis.

Luz tenue

O farol baixo está entre 30 e 50 PARs por unidade de área

Luz media

A luz média está entre 50 - 150 PARs por unidade de área

Luz pesada

A luz intensa está acima de 150 PAR por unidade de área

Fluxo de água

O movimento moderado da água é recomendado.

Se o fluxo for insuficiente, corre o risco de permitir que os detritos se acomodem nas colônias, criando pontos mortos. Várias espécies de corais cálice naturalmente formam uma colônia circular e deve haver fluxo suficiente para varrer qualquer coisa que de outra forma se assentava no meio. Muito fluxo e corre o risco de ter o coral a cair da rocha. 

Alimentação

Os Chalice são considerados corais fotossintéticos, o que significa que eles têm uma relação simbiótica com dinoflagelados que vivem nos seus tecidos, chamados zooxantelas. As zooxantelas são os organismos que realizam a fotossíntese propriamente dita, mas o coral beneficia alimentando-se dos subprodutos da atividade fotossintética, ou seja, os açúcares simples que são produzidos.

Embora os corais cálice derivem grande parte de suas necessidades nutricionais dos subprodutos da fotossíntese, eles também são capazes de se alimentar. Tentamos alimentar os cálices com vários tipos diferentes de alimentos, congelados, pellets, entre outros. Os cálices não têm extensão pronunciada dos pólipos, portanto, a sua resposta à alimentação pode ser difícil de visualizar. Normalmente, esses corais utilizam uma camada de muco para capturar o alimento e lentamente colocá-lo nas suas bocas.

A alimentação pode ser um sucesso ou um fracasso, então é algo que terá de experimentar para descobrir quais alimentos alimentar ao seu Chalice.

Agressão

Os corais Chalice são agressivos. Apenas algumas variedades estendem os tentáculos, mas qualquer contato do corpo de um coral cálice com outro coral será altamente volátil.

Produtos
Existem 6 produtos.